Sobre

História

Mestre Riko assistia os ensaios das escolas de samba quando percebeu que as mulheres eram minoria, a bateria das Escolas de samba era uma área predominantemente masculina com poucas exceções. Surgiu então a idéia de criar uma bateria composta somente de mulheres, onde elas pudessem tocar todos os instrumentos de percussão, e não ficassem limitadas a um ou dois instrumentos. Criou assim, o grupo de percussão feminino do Mestre Riko, que surgiu no dia 12 de outubro de 1998, data especialmente escolhida por Mestre Riko por se tratar do dia do seu próprio aniversário. Mesmo em pouco tempo de existência o sucesso com o público carnavalesco e com a imprensa deu à bateria feminina do Mestre Riko, no carnaval 2002, o prêmio de melhor bateria de Escola de samba, grupo mirim, Cedido pela Liga das escolas Mirim. E em 2003, a bateria ganhou Estandarte de Ouro do Jornal O Globo. Por essa premiação, foi convidada pelo prefeito do Rio de Janeiro César Maia para abrir o desfile das escolas de samba campeães do carnaval carioca daquele ano.

Devido ao talento e a competência do Mestre Riko as apresentações da Bateria feminina não ficaram restritas aos desfiles carnavalescos, Ela foi aos palcos e virou Show.

O show da sua Bateria Feminina passou a ser requisitado para vários eventos, encantando e cativando um grande público. A repercussão do trabalho do Mestre Riko e do seu grupo de percussão feminino deixa clara a qualidade musical e o profissionalismo que suas alunas apresentam. E foi assim que nasceu a FINA BATUCADA – BATERIA FEMININA DO MESTRE RIKO. A mais fina das batucadas.


Mestre Riko

Fundador, coordenador e professor de percussão popular da Escola de Música Villa-Lobos. Fundador e regente da primeira e maior Bateria Feminina do Brasil, Fina Batucada. Premiado com o Estandarte de ouro do jornal o Globo como melhor bateria de Escola de Samba, grupo mirim, carnaval 2003. Participou do documentário "Ritmos do mundo", filmado pela BBC e exibido em Londres, tocando diversos instrumentos de percussão no programa dirigido por George Martin, arranjador dos Beatles. E entre outras atividades um incansável pesquisador de ritmos.


Fina Batucada: grupo artístico representativo da Escola Estadual de Música Villa-Lobos (EMVL)


Aliada à formação musical, a Escola de Música Villa- Lobos oferece à população a difusão artística por meio de seus Grupos Artísticos Representativos. A Bateria Feminina Fina Batucada nasceu com o professor e um dos fundadores da cadeira Percussão Popular na Escola de Música Villa-Lobos, Mestre Riko. Em 1998, ele criou um grupo de percussão exclusivamente de mulheres na escola. Pela sua qualidade técnica e carisma, a Fina Batucada sempre é convidada para tocar em diversos eventos além das passarelas, onde desfilam as escolas de samba.